Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXIII

Projeto UNITA Geminae UBI aposta na Lusofonia

24-09-2021

A Universidade da Beira Interior (UBI) acaba de apresentar o projeto UNITA Geminae a instituições de países de língua oficial portuguesa, que podem assim vir a ser parceiros da Universidade europeia UNITA - Universitas Montium, que agora se empenha na realização de parcerias com instituições de países externos à União Europeia.

A reunião teve lugar no dia 15 de setembro, com a participação da equipa UNITA, liderada pelo Vice-Reitor com a pasta da Internacionalização, José Páscoa. O Geminae pretende criar uma comunidade internacional ativa da UNITA que compartilhe os mesmos valores, neste particular com universidades ligada às línguas românicas, aquelas que são a base da UNITA. Neste caso, o Português, o Castelhano, o Francês, o Italiano e o Romeno.

Prevê-se a associação de parceiros de países como Brasil, Canadá, Burkina Faso, Senegal, Colômbia, Argentina, México, Marrocos, Timor Leste, Cabo Verde, Moçambique, Benim, Argélia, Cuba e Magáscar. No total, no primeiro grupo de universidades selecionadas contabilizam-se 30 instituições, de quatro continentes, cuja participação foi sugerida pelas cinco academias da UNITA.

No grupo de instituições de língua portuguesa foram indicadas a Universidade de Cabo Verde, as universidades brasileiras de Brasília, Federal da Bahia, Regional de Blumenau e de São Paulo e, ainda, a Universidade Nacional Timor Lorosa’e. Recorde-se que o UNITA - Universitas Montium, é formado pela UBI e pelas universidades de Torino (Itália), que atua como coordenadora, de Pau et du Pays de l’Adour e de Savoie Mont Blanc, de França, Universidad de Saragoça, em Espanha, e Vest di Timisoara, da Roménia.

 
Voltar