Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXIII

Jovem de 16 anos escreve livro de poemas a partir do telemóvel

O auditório da Biblioteca Municipal de Castelo Branco acolheu, no passado dia 17 de dezembro, a apresentação do livro de poesia "Bloco de Notas" (ed. RVJ Editores), da autoria do jovem de 16 anos, Afonso Carrega.

Bloco de Notas mostra jovem poeta

Com apenas 16 anos, Afonso Carrega, colaborador do Ensino Magazine desde os 11, acaba de publicar o seu primeiro livro de poesia, o qual será apresentado dia 17 de dezembro, pelas 17H30, na Biblioteca de Castelo Branco. “Bloco de Notas” tem a chancela da RVJ Editores e começou a ser escrito durante o último confinamento, a partir de um trabalho da disciplina de português, ainda no 10º ano de escolaridade.

Doris Lessing

Doris Lessing, nascida Doris May Tayler foi uma escritora britânica, Prémio Nobel da Literatura de 2007, nascida no Curdistão Iraniano, atual Irão, em 1919.

Livros & Leituras

Quando os deuses habitavam o cosmos, com seus atributos e funções, a Marte foi designado o planeta vermelho.

Natal

Não tenho ideologias sou poeta E só por ser poeta sou atual Li Mao-Tsé-Tung e Trotsky letra a letra E vejo-os num adeus sentimental

Histórias da Natureza

Luísa Nunes, docente e investigadora da Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco, apresentou dia 11 de dezembro, na Biblioteca de Castelo Branco a Agenda ilustrada para o ano 2022 “Histórias da Natureza”.

Alunos da Etepa fazem espetáculo

A ETEPA, Escola Tecnológica e Profissional Albicastrense, realizou, no dia 7 de dezembro, no Cine Teatro Avenida, em Castelo Branco, um espetáculo de Natal.

Poesia de António Salvado nos 250 anos da elevação de Castelo Branco a cidade

“Se canto são as palavras”, a antologia organizada por Paulo Samuel sobre a obra de António Salvado, e o livro Jardim de Paço, com poemas de António Salvado e ilustrações de José Manuel Castanheira, foram apresentados, no passado dia 9 de dezembro, na Biblioteca de Castelo Branco.

Livros & Leituras

As lendas que a História regista são mais reais que os relatos dos cronistas. Tal é o caso de Rodrigo Díaz de Vivar, cujo cognome ressoa pelos séculos como El Cid, o Campeador.

Gonçalo M. Tavares

Natural de Luanda, onde nasceu em 1970, Gonçalo M. Tavares é um dos escritores portugueses de uma nova geração, cuja sua primeira obra foi publicada em dezembro de 2001.

Barata de Castilho lança Serra de Cristal

José Barata de Castilho, professor catedrático da Universidade de Lisboa e Grande Oficial da Ordem da Instrução Pública, apresentou, no passado dia 27 de outubro, o seu novo romance. “Serra Cristal Três Encantos” é uma viagem ficcionada pela serra da Gardunha, numa narrativa em que Amália Rodrigues e as suas ligações à região de Castelo Branco surgem enunciadas, com revelações importantes. A cerimónia contou com a presença do presidente da Câmara albicastrense, Lepoldo Rodrigues, e a obra foi apresentada pela professora universitária Maria de Lurdes Barata.

Salamanca distingue António Salvado

O poeta albicastrense António Salvado acaba de distinguido pela cidade de Salamanca com a medalha Fray Luis de León de Poesía Iberoamericana. A distinção decorreu no salão nobre da autarquia de Salamanca. Esta é a primeira vez que é atribuída aquela distinção, tendo sido escolhido António Salvado pela sua obra, que inclui mais de 200 poemários, ensaios literários e históricos, antologias ou traduções.

Amália Rodrigues e a Serra de Cristal

José Barata de Castilho, professor catedrático da Universidade de Lisboa e Grande Oficial da Ordem da Instrução Pública, acaba de escrever um novo livro. “Serra Cristal Três Encantos” é uma viagem ficcionada pela serra da Gardunha, numa narrativa em que Amália Rodrigues e as suas ligações à região de Castelo Branco surgem enunciadas, com revelações importantes.

Hélia Correia

Hélia Correia é uma escritora portuguesa contemporânea. Nascida em 1949, licenciou-se em Filologia Românica e é professora de Português do Ensino Secundário.

Livros & Leituras

Os mitos em torno da origem da linguagem humana, falada e escrita, são o chão onde nascem as histórias que acalentam a imaginação pelas veredas do maravilhoso. A linguagem dos pássaros é uma dessas sementes que, alimentadas pelas águas da curiosidade, tem suscitado uma colheita mais abundante. Em certas culturas, afiança-se mesmo que a dita linguagem tem proveniência angélica, tendo facultado a magia das palavras aos humanos, para que eles de desentendessem melhor até ao dia em que o mistério lhes fosse inteiramente revelado.

se canto são as palavras

António Salvado, um dos poetas portugueses mais reconhecidos, com livros editados em diferentes línguas, acaba de ver publicada uma das mais completas antologias da sua obra. “se canto são as palavras” (ed. RVJ Editores), organizado pelo ensaísta e professor universitário, Paulo Samuel, é um livro que tem a particularidade de percorrer a obra poética de António Salvado desde 1955, ano em que foi editado o seu primeiro título, até 2020.

Livros & Leituras

A arte de contar, ou do faz de conta, é velha como o mundo. Na verdade, o mundo não existe se não for contado pelo sopro da palavra, animada pelo som fundador. Em redor da fogueira ancestral, as histórias criaram mundos, alimentados pela imaginação dos primeiros contadores, esteios da tradição oral.

Milan Kundera

A Insustentável Leveza do ser, editado em 1983, é o trabalho mais marcante de Milan Kundera. Natural da República Checa, onde nasceu a 1 de abril de 1929, o escritor cedo teve contacto com a cultura, por influência do seu pai.