Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXIII

I Encontro da Rede das Escolas Associadas da UNESCO Magalhãnicas

Teve lugar no Instituto de Educação Técnica (INETE), o I Encontro da Rede das Escolas Associadas da UNESCO Magalhãnicas - uma rede que acolhe 29 escolas, no âmbito da Rede das Escolas Associadas da UNESCO.

Celebração da Semana da Educação Artística da Unesco

A Comissão Nacional da UNESCO, em colaboração com as redes UNESCO, tem vindo a celebrar a Semana da Educação Artística da UNESCO, que se comemora todos os anos, na 4ª semana de maio.

A escola como comunidade aprendente

A Escola Secundária Jaime Moniz, no Funchal, é a mais antiga escola secundária do país (184 anos) e é Membro Honorário da Ordem de Instrução Pública. Estes factos congregam uma dimensão de tradição e, simultaneamente, o suporte necessário e sólido para que a inovação aconteça. Integra a Rede de Escolas UNESCO e das “Escolas Magalhânicas”.

Cidadania global

A Escola Profissional de Aveiro é uma escola de cariz regional que procura oferecer aos seus alunos as melhores oportunidades, bem como as melhores ferramentas de modo que estes se sintam preparados para enfrentarem as exigências, quer do mundo do trabalho, quer da vida, em geral.

A importância dos direitos humanos

A Associação de Jardins-Escolas João de Deus, fiel ao seu modelo humanista e posicionada na vanguarda das questões educativas, procura, nas suas práticas e ensinamentos, ser um veículo para inspirar, informar e possibilitar que o reconhecimento da importância dos direitos humanos, da preservação do meio ambiente através da educação ambiental, para um desenvolvimento sustentável e da não violência, entre outros valores, seja estruturante nas aprendizagens das gerações futuras.

Redes para a inclusão

O Agrupamento de Escolas da Baixa da Banheira, Vale da Amoreira, Moita, criado no ano letivo de 2019/2020 encontra-se incluído no programa de Territórios de Intervenção Prioritária (TEIP) e é constituído por quatro unidades: a Escola Secundária (sede), a Escola Básica do Vale da Amoreira, duas Escolas Básicas do 1º Ciclo, com Jardim de Infância, num total de 1400 alunos distribuídos pelo pré-escolar (168), 1.º ciclo (366), 2.º ciclo (173), 3.º ciclo (205), secundário (64), cursos profissionais (138), cursos de educação e formação (287), dos quais 125 alunos com Necessidades Educativas Especiais (Educação Especial).

O projeto Fiar*

O Centro de Formação Profissional das Indústrias da Madeira e Mobiliário (CFPIMM) integra a rede de Escolas Associadas da UNESCO desde março de 2006.

Tolerância, partilha e inclusão

A Escola Secundária de Pinhal Novo, em Palmela, no distrito de Setúbal, integrou em 2016 o Programa de Escolas Associadas da UNESCO e tem vindo a assumir um ensino intercultural e a adotar um trabalho cooperativo, construindo um ambiente criativo e empreendedor, assente em princípios éticos de respeito e tolerância, partilha e inclusão, na senda de Jacques Delors.

Pensar juntos para que possamos agir juntos para fazer os futuros que queremos

A iniciativa “Futures of Education”, foi lançada pela UNESCO em setembro de 2019, e baseia-se num processo consultivo amplo e aberto que envolve jovens, educadores, sociedade civil, governos, empresas e outras partes interessadas.

“20 de março - Dia Internacional da Felicidade – Mais Felizes Juntos”

A Assembleia das Nações Unidas aprovou em 2012 uma Resolução que reconhece a procura da felicidade como “um objetivo humano fundamental” e desde então, tem convidado os Estados-membros a promover políticas públicas que incluam a importância da felicidade e do bem-estar como aposta para o desenvolvimento.

Tributo a Aristides de Sousa Mendes

O Projeto UNESCO “Dever de Memória – jovens pelos direitos humanos”, do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal, contando com a colaboração dos artistas Josefa Reis e Victor Costa e com o apoio da CNU (Comissão Nacional da Unesco), dado que o Agrupamento se insere na Rede de Escolas Associadas da UNESCO lançou, face à conjuntura atual da Covid 19, um desafio on-line sob o nome “SER Consciência...30/1000 por 1VIDA” - uma exposição virtual de trabalhos literários e artísticos para assinalar os 80 anos do ato de consciência de Aristides de Sousa Mendes. Esta homenagem, ao cônsul português a quem foi atribuído, em 1967, pelo Yad Vashem (Israel), o título de “Justo entre as Nações”, concedido aos que salvaram vidas de judeus, no contexto da perseguição a este povo e do holocausto, é um Dever de Memória!