Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXV

Universidade Prémio REN: Tese de Coimbra em primeiro

08-12-2022

Rute Rodrigues dos Santos, da Universidade de Coimbra, é a vencedora do Prémio REN com a dissertação de mestrado intitulada ‘Development of instrumentation for measuring Geomagnetically Induced Currents (GICs) and effect of shield wires on GIC simulations’, a qual consiste em simular o efeito dos cabos de guarda em modelos de GICs e na montagem e instalação de um instrumento de medição destas correntes numa subestação da rede elétrica.

O sistema foi instalado na Subestação de Paraimo da REN e está operacional a recolher dados, tendo já registado alguns eventos candidatos a GIC, para além da expectável modulação diurna devida às variações de temperatura.

O júri do Prémio REN decidiu atribuir o segundo lugar a José Rafael Guedes de Almeida, estudante do Instituto Superior de Engenharia do Porto, pela dissertação ‘Optimization of Aggregators Energy Resources considering Local Markets and Electric Vehicle Penetration’, que propõe desenvolver um modelo para a programação dos recursos energéticos dos recursos dedicados para o dia seguinte, com o objetivo de minimizar os custos ou maximizar os lucros.

No terceiro lugar ficou Francisco de Sousa Fernandes, da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, cuja dissertação, ‘Assessment of frequency stability behaviour regarding inertia reduction due to high renewable integration in the iberian system’, estuda o impacto da redução da inércia síncrona na estabilidade de frequência do sistema ibérico, para diferentes cenários críticos de exploração.

O júri entendeu ainda atribuir duas menções honrosas a José Carlos Mendes Bessa da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (Otimização de estratégias de oferta em mercado usando previsão probabilística de produção renovável) e a Valdemar Abril Armindo, da Universidade de Coimbra (Diagnóstico e Análise de Avarias nos Enrolamentos Estatóricos de Um PMSM Hexafásico com Controlo Preditivo).

Criado em 1995, o Prémio REN destina-se a premiar as melhores teses de Mestrado no âmbito da energia, realizadas por alunos das áreas de Engenharia, Economia, Matemática, Física, Química, Sistemas de Informação e Computação. Em 2019, o Prémio REN distinguiu pela primeira vez teses de doutoramento, sendo que a atribuição deste galardão só é feita a cada dois anos.

 
Voltar