Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXIII

Vacinação com casa aberta Regresso seguro à Universidade

22-09-2021

A Universidade de Évora (UÉ) tem em marcha um plano para que o regresso à instituição se faça de forma segura. Em em articulação com a ARS-Alentejo, assegura dias de vacinação na modalidade “casa aberta” para todos aqueles que pretendam ser vacinados fora do seu concelho ou área de residência.

“À semelhança do que se tem verificado a nível nacional, esta modalidade de vacinação destina-se à administração de primeiras doses a utentes elegíveis que não estejam agendados, com idade igual ou superior a 12 anos e que não tenham sido infetados com Covid-19 nos últimos seis meses”, explica a Universidade.

Além da vacinação, e com vista a “identificar precocemente casos da doença Covid-19, a UÉ proporcionou, a toda a comunidade académica, testes gratuitos à covid-19”.

As matrículas para os novos alunos da Universidade serão feitas, entre 27 de setembro a 1 de outubro preferencialmente, de forma online, sendo que apenas é obrigatória a matrícula presencial para os cursos com pré-requisitos.

Citada na nota enviada ao Ensino Magazine, a reitora da UÉ revla que "o objetivo destas medidas é proporcionar um regresso seguro a todos com vista a garantir que o ano académico decorra com normalidade e que consigamos continuar juntos, a estudar, a ensinar, a investigar e a inovar".

Ana Costa Freitas destaca sublinha que "a chegada de novos estudantes à Universidade de Évora constitui um dos momentos académicos por excelência".

Na mesma nota é referido que a UÉ “continuará a implementar e a acompanhar atentamente as recomendações do Governo, face aos desenvolvimentos relativos à COVID-19. Para tal, serão mantidas todas as medidas já em funcionamento, como a obrigatoriedade do distanciamento físico, o uso de máscara, a disponibilização de Solução Antissética de Base Alcoólica (SABA) nas várias salas, os tapetes desinfetantes em todas as entradas principais e o pórtico de desinfeção na entrada do claustro do Colégio do Espírito Santo”.

 
Voltar