Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXIII

Universidade Évora em projeto pioneiro sobre aves exóticas na Europa 29-04-2021

A Universidade de Évora (UÉ) está envolvida num projeto pioneiro de ciência cidadã sobre aves exóticas na Europa. Segundo o Ensino Magazine apurou está a ser desenvolvida uma plataforma online (IBISurvey) para registo de observações de aves exóticas introduzidas na Europa.

Segundo apurámos a plataforma está a ser desenvolvida pelo Laboratório de Ornitologia (LabOr), integrado no Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento (MED) pioneira a nível Europeu, assume um papel importante nesta matéria.

Em nota enviada à nossa redação, a Universidade de Évora explica que a plataforma IBISurvey (do Inglês Introduced Bird Interaction Survey) é coordenada por Pedro Filipe Pereira, investigador do LabOr-MED e "pretende conhecer os impactos negativos que algumas espécies exóticas podem exercer no ambiente, com destaque para a Agricultura, Saúde humana ou Economia, nos quais se incluem o consumo de produtos agrícolas ou comportamentos agressivos para com espécies nativas".

De acordo com a UÉ, "a equipa de investigação conta com a participação dos cidadãos europeus neste estudo, que poderão  reportar  interações de aves exóticas com outros animais, plantas e humanos em  www.labor.uevora.pt/en/ibisurvey/".

Citado na mesma nota, Pedro Pereira explica que “a compilação das interações de aves exóticas com o meio onde se observam será essencial para aferirmos os seus impactos e podermos estabelecer medidas cautelares num futuro próximo”.

A plataforma está acessível em seis idiomas europeus. Nela "o utilizador tem ao dispor um primeiro contacto com a temática da introdução de espécies exóticas, mas também com os comportamentos que possam sugerir estabelecimento das suas populações (comportamentos de reprodução) ou ocorrência de potenciais impactos. O utilizador pode aprender sobre a identificação e ecologia de 76 espécies de aves exóticas mais frequentemente observadas em liberdade na Europa. Estas espécies são originárias de outros continentes (América, África, Ásia e Oceânia) e a sua ocorrência na Natureza é o resultado de introduções acidentais ou deliberadas", diz a Universidade de Évora..

 
Voltar