Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXVI

Colégio Brinca e Educa Projeto “Tons de Pele”

11-07-2022

Partindo de uma premissa fundamental da Convenção dos Direitos da Criança (1989) onde o interesse superior da criança deve ser sempre seguido (artigo 3º), no Colégio Brinca e Educa acreditamos que a livre expressão aliada à pedagogia participativa, são fundamentais numa aprendizagem significativa.

“A criança tem o direito de exprimir livremente a sua opinião sobre questões que lhe digam respeito e de ver essa opinião tomada em consideração” (artigo 12º), nascendo assim uma das bases da metodologia de projeto que tanto nos inspira.

Numa escuta atenta aos interesses e questões das crianças do pré escolar, a educadora Joana Costa reparou que numa exploração artística de pintura, as crianças pediam frequentemente a cor chamada “cor de pele”. Algumas crianças consideravam que cor de pele seria um tom beje e outras um tom castanho, outras um tom amarelado. No meio de tantas questões, iniciaram o projeto “tons de pele”, onde as crianças fizeram um auto-retrato e repararam que todas elas escolheram, para a sua cor de pele, um tom diferente, o que lhes trouxe bastante admiração pela diversidade de tons que existem. Também pintaram as mãos e braços com tons de pele diferentes e viram que continuam a ser os mesmos mas com uma cor diferente. Este princípio básico de questionamento e experimentação num espírito de grupo e partilha, trouxe ao de cima um grande tema da UNESCO como a não discriminação e inclusão.

Numa aprendizagem ativa e projetual tão simples, vemos o quão benéfico é ouvir os interesses, curiosidades e questões, de crianças com apenas 5-6 anos, e o quão impactante é para o seu futuro participarem na sua própria aprendizagem, sendo possível a vivência de valores sociais como a tolerância, a inclusão, o respeito, bem como a promoção de uma cultura de paz, a valorização da diversidade cultural e da contribuição da cultura para o desenvolvimento sustentável, temas que surgiram com este projeto e são objetivos da ONU.

Noutras atividades, em que é desde sempre permitida a livre expressão e a exploração de todas as potencialidades do próprio corpo da criança, por exemplo pelo contato com argila, tintas, espaços naturais, bem como pela participação democrática na construção do quotidiano, por exemplo no debate de temas e realização de projetos de investigação em comunidade de aprendizagem, permite-se a construção dos alicerces da educação e cidadania. Falamos assim de uma educação inclusiva e equitativa de qualidade, promovendo oportunidades de aprendizagem ao longo da vida, um grande objetivo da Declaração de Incheone (2015) para a implementação do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável  4 – Educação de Qualidade da ONU.

Além da vivência dos valores fundamentais dos Direitos da Criança, diversos eventos e atividades são o encontro perfeito para se desfrutar de aprendizagens comunitárias, como foram os eventos no colégio na comemoração do dia da criança pela construção de um mural fotográfico pelas paredes do colégio, o convívio do dia da família pela livre participação de todos em atividades artísticas com as crianças, o convívio do dia do planeta pelas atividades na natureza, entre outros que vamos vivenciando ao longo do ano.

Acreditamos assim, numa aprendizagem libertadora e transformadora, onde a participação de cada um no seu processo de aprendizagem é fundamental.

Colégio Brinca e Educa
Joana Costa e Daniela Coutinho
Voltar