Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXV

Cooperação Técnico e Santander juntos

18-03-2022

A Fundação Santander Portugal e o Instituto Superior Técnico acabam de assinar um convénio de mecenato plurianual, o qual tem como objetivos a “equidade no acesso à Educação, empregabilidade dos estudantes e empreendedorismo universitário. O acordo foi assinado pela presidente da Fundação Santander Portugal, Inês Oom de Sousa, e pelo presidente do Instituto Superior Técnico (IST), Rogério Colaço.
A Fundação irá também apoiar o IST na transformação digital e na sustentabilidade e apoio social, áreas consideradas cruciais e estratégicas para o desenvolvimento da sociedade portuguesa.
Citada na nota enviada ao Ensino Magazine, a presidente da Fundação Santander Portugal, Inês Oom de Sousa considera que “este convénio espelha as nossas três grandes prioridades: a igualdade no acesso à Educação, que visa o apoio à inclusão de todos os estudantes; o Empreendedorismo Universitário que tem como objetivo treinar os estudantes em competências complementares às que adquirem durante a sua formação académica; e, finalmente, a Empregabilidade, que passa por fornecer aos alunos ferramentas que lhes facilitem a entrada no mercado de trabalho”.
Neste acordo, destacam-se bolsas tão conhecidas e concorridas pelos estudantes como as Santander Futuro e Santander Global. De referir também a continuidade de programas inovadores como o CA2ECT-Núcleos, E.Awards, TecInnov Santander Competitions, TecInnov Santander Innovation, IST-Santander (Ambiente) e European Innovation Academy. Já na Empregabilidade, sublinhe-se os Alumni Talks e os Técnico Career Workshops, entre outros.
Continuarão, por isso, a ser apoiados desde programas de apoio ao talento e ao reconhecimento do mérito, a programas de capacitação de alunos, gestão e apoio a antigos alunos, de responsabilidade social e combate ao abandono escolar. Manter-se-ão também as iniciativas de aproximação ao mercado de trabalho, nomeadamente a empregabilidade e desenvolvimento de competências, como a formação em soft-skills, programas de mentoria e desenvolvimento de redes de antigos alunos (alumni).
Pretende-se ainda desenvolver iniciativas que possam aproximar o IST do tecido empresarial, com o objetivo de facilitar a entrada dos seus estudantes no mercado de trabalho, desenvolver a investigação no sentido da aplicação empresarial, promovendo a inovação e o empreendedorismo. Neste sentido, será colocada ao dispor de professores e estudantes a plataforma de empreendedorismo Santander X, sendo oferecida a possibilidade de participação em programas de empreendedorismo como o Santander Explorer, entre outras atividades.

Débora Rodrigues / Técnico
 
Voltar