Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXV

Fundação Santander Portugal NOVA impACT quer soluções sustentáveis

21-06-2022

A Universidade NOVA de Lisboa em conjunto com a Fundação Santander Portugal acaba de lançar o programa NOVA impACT! Challenges. A iniciativa desafia 10 empreendedores da comunidade académica, independentemente da universidade que frequentam, a desenvolver projetos nas áreas sociais e ambientais, alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.
O programa, tem como lema “Melhorando a Sociedade, hoje e no futuro”.
Com este programa pretende-se que, através de 10 soluções, que se querem de fácil aplicação e de impacto global, encontrar “respostas para problemas relevantes a nível social e ambiental, desde a promoção da inclusão social e do bem-estar físico e mental, à redução das desigualdades sociais e à promoção da recuperação económica, sempre de forma sustentável”.
Quaisquer alunos, professores e funcionários puderam apresentar ideias, individualmente ou em equipa. Um júri selecionará depois as 10 que considerar melhores, que poderão receber 500 euros destinados a apoiar os esforços de aplicação da solução.
De acordo com o regulamento, os candidatos ou equipas selecionadas terão 3 semanas, de 24 de junho a 15 de julho, para preparar um protótipo, uma prova de conceito ou um plano de negócio, utilizando vídeo, fotos, diagramas, aplicativos, impressão 3D, entre outros meios. No início de cada semana, as equipas terão acesso a um workshop em formato online, com foco nas atividades a desenvolver e serão acompanhados por um mentor/facilitador.
O programa terminará no dia 15 de julho com o Demo Day e o pitch com a apresentação das soluções desenvolvidas, que serão avaliadas por um painel de especialistas. O júri irá considerar a viabilidade e o impacto global da solução proposta, a relevância da questão abordada, a relação com o cumprimento de pelo menos um dos ODS das Nações Unidas e a capacidade do candidato para executar a ideia.
A 15 de julho serão também anunciados os grandes vencedores, sendo que a ideia que ficar em 1º lugar terá um prémio adicional de 2.000 euros. As ideias mais promissoras também terão a oportunidade de serem desenvolvidas, aproveitando os recursos e os mentores da NOVA apoiados pelo NOVA Impact Office e pela Fundação Santander Portugal.
O programa NOVA impACT! Challenges foi criado pelo gabinete NOVA Impact, com o apoio do Santander Universidades.

 
Voltar