Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXVI

Politécnico IPSantarém cria rede de ligação às empresas

18-01-2024

A Rede Parceiros Corporate do Politécnico de Santarém foi apresentada, no passado dia 15 de janeiro, na Escola Superior Agrária do Politécnico de Santarém. Uma rede que tem estado a ser construída e dinamizada nos últimos meses em parceria com diversas organizações oriundas do tecido económico, tecnológico e social. 

Durante a sessão foram assinados protocolos com o grupo BNI, referência mundial no networking e referenciação de negócios; com a Olitrem, Mocapor e Fravizel, empresas de referência na região centro do país; com 2 start-ups tecnológicas, a Stonify e a Ideaflow; e com uma associação ligada ao empreendedorismo social, a ATB - Associação Tempos Brilhantes.

Citado na nota enviada à nossa redação, Rogério Palmeiro, coordenador do Gabinete de Empreendedorismo, Empregabilidade e Alumni do Politécnico de Santarém, explica que com esta rede “pretendemos consolidar com os parceiros que consideramos estratégicos e de fundamental importância para a concretização dos nossos eixos e pilares de ação e intervenção, uma relação de colaboração e ligação permanente. As empresas e as organizações da sociedade civil, são fundamentais para consolidarmos uma estratégia de trabalho conjunto e partilhado, desenvolvendo novos conteúdos, soluções e ferramentas inovadoras, atuais e que permitam solucionar problemas, dar respostas e trazer valor acrescentado para todos”.

A iniciativa contou com a presença do presidente do Politécnico de Santarém, João Moutão, que sublinhou a importância da ligação entre a academia e o tecido empresarial. Na nota enviada à nossa redação, é explicado que “a ligação das Instituições de Ensino Superior com as organizações empresariais, tecnológicas e do setor social, permite-nos desenvolver ecossistemas integrados, onde todos beneficiam de uma metodologia de trabalho colaborativa, permitindo que nenhuma das partes se feche nela própria, mas sim todas, partilhem entre si, o seu saber, o seu conhecimento, a sua experiência, estimulando novas formas de aprendizagem, inovadoras partilhadas entre a sala de aula e os contextos reais de trabalho e prática laboral”.

É desta ligação permanente entre o Politécnico de Santarém e a rede de parceiros exteriores, empresas, organizações da sociedade civil, start-ups, incubadoras e agentes do setor social e companhias tecnológicas que nasce a rede CORPORATE do IPSantarém.

Voltar