Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXVI

Sustentabilidade Prémio para o IPSetúbal

20-11-2023

O projeto ‘Ativa-TE!’, que resulta de uma parceria entre o Politécnico de Setúbal (IPS) e a associação cultural Festroia, foi a iniciativa distinguida pela Associação Portuguesa de Ética Empresarial (APEE), no âmbito da 9ª edição do Reconhecimento de Práticas em Responsabilidade Social e Sustentabilidade (RPRSS).
O prémio, entregue a 17 de outubro em cerimónia realizada na Casa do Alentejo, em Lisboa, reconhece as boas práticas da instituição de ensino superior no âmbito do Eixo II – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), nomeadamente na categoria Educação de Qualidade (ODS 4), o que já aconteceu em edições anteriores, em 2020 e 2022.
Centrado no cinema como importante veículo de sensibilização para os ODS, o projeto dirigido aos estudantes do IPS e à comunidade envolvente arrancou em 2021, como parte integrante do Festival Cinema em Locais Inusitados e Temporários (CLIT), passando posteriormente a atividade autónoma. Além da exibição de filmes, o programa vem contemplando também debates com especialistas e representantes de estruturas da sociedade civil, e/ou conversas com realizadores e atores.
Pretende “ativar” os estudantes, bem como a sociedade no seu todo, para a reflexão e ação em torno de temas tão prementes como a proteção dos oceanos, a saúde mental, os direitos das mulheres e da comunidade LGBT, racismo, trabalho digno, ação climática, Inteligência Artificial, agroecologia e alimentação, educação, inclusão, proteção animal e saúde reprodutiva, entre outros.
Até à data, já colocou no terreno 18 sessões temáticas, num total de 64 filmes exibidos, a que se associaram 21 debates, 17 conversas com artistas, duas palestras científicas, duas sessões de jogos de tabuleiro, uma sessão de testemunhos, uma exposição de artes plásticas e uma ação de recolha de beatas.
Para Carlos Mata, vice-presidente do IPS com o pelouro da Sustentabilidade e Responsabilidade Social, o galardão da APEE vem reconhecer, uma vez mais, “a aposta do IPS na educação e na sensibilização através da arte como forma de mobilização da sua comunidade académica e envolvente para comportamentos social e ambientalmente mais responsáveis, contribuindo assim, à sua escala, para um mundo mais sustentável”.

Voltar