Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXV

Cluster nacional de jogos digitais IPLeiria adere ao Digital Valley

13-04-2022

Promover a estreita ligação entre Formação, Indústria e Governo e todas as entidades que determinam o crescimento e o sucesso da indústria de Jogos Digitais em Portugal é o grande desígnio do movimento Digital Valley, ao qual o Politécnico de Leiria se associou, através da celebração de um protocolo de colaboração que visa a promoção de um cluster nacional em Jogos Digitais. O protocolo foi celebrado entre Rui Pedrosa, presidente do Politécnico de Leiria, Gorete Lopes, diretora executiva do movimento Digital Valley, criado pela Techframe, e Carlos Mora, administrador da Techframe, no passado dia 1 de abril, na Futurália, em Lisboa.

A criação do cluster nacional de produção de Jogos Digitais visa o aumento da visibilidade e o acesso a linhas de apoio e a redes de investimento nacionais e internacionais, através do estabelecimento de protocolos entre diversas unidades de formação e com outras empresas internacionais de jogos digitais, e mediante a participação em projetos onde o contributo de cada organização é dado mediante a sua especialidade.

“Este protocolo é o reconhecimento do investimento na qualidade dos professores, técnicos e investigadores, e nas infraestruturas pedagógicas e científicas, em particular no âmbito da licenciatura de Jogos Digitais e Multimédia. Permitirá integrar um movimento que tem uma elevada massa crítica e que posicionará Portugal de um modo distintivo na área dos jogos digitais”, afirma Rui Pedrosa, presidente do Politécnico de Leiria.

Aquele responsável destaca ainda que a “visibilidade do movimento abrirá novas oportunidades, nomeadamente na área dos serious games, mas também na utilização das estratégias de “gamificação” associadas a processos de aprendizagem mais ativos e atraentes em múltiplas áreas de conhecimento”.

O acordo visa promoção de formação profissionalizante qualificada de quadros, a nível de cursos não conferentes de grau, suportada em agentes fora do sistema de ensino superior público ou privado, com vista à disponibilização de mão de obra especializada para o setor dos Jogos Digitais. Visa ainda a participação na definição de pacotes de formação de Ensino Superior, cursos técnicos superiores profissionais, licenciaturas ou mestrados, vocacionados para o desenvolvimento, promoção, comercialização ou exploração de Jogos Digitais, quer a nível da sua estrutura curricular, quer a nível dos seus conteúdos.

Finalmente, o protocolo celebrado compreende a integração do Politécnico de Leiria no Conselho Consultivo da Digital Valley Academy (DVA) e respetiva participação nas atividades e eventos a desenvolver pela DVA e que constituam uma mais-valia para a divulgação das atividades do setor, bem como o desenvolvimento de iniciativas avançadas de formação nacionais e internacionais organizadas pelo Politécnico de Leiria no âmbito do Gaming e da Gamificação nos Sistemas de Ensino, quer ao nível de formação especializada e avançada, quer ao nível de ensino superior.

 
Voltar