Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXV

PRR financia formação 686 mil para formação

21-06-2022

O Instituto Politécnico de Portalegre tem disponíveis cerca de 686 mil euros para apoio a estudantes, através de bolsas a distribuir a alunos de CTeSP e estudantes de microcredenciais. Esta verba surge no âmbito do Consórcio Meridies, enquadrado no Programa Impulso Jovens para as áreas STEAM (ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemáticas) e Impulso Adultos, com financiamento do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

Em CTeSP, o Politécnico de Portalegre apresenta os cursos de Design de Som e Produção Musical; Produção 3d; Programação Ágil e Segurança de Sistemas de Informação; Tecnologias de Produção Agropecuária; Design Multimédia e Audiovisuais; e Tecnologias e Produção de Sistemas de Informação.

Para esta tipologia de cursos, Portalegre terá disponível cerca de 550 bolsas que apoiarão os estudantes no pagamento das propinas e 65 bolsas de mérito, para os três melhores estudantes do primeiro ano de cada uma das edições dos referidos CTeSP, assim como para o melhor diplomado e o melhor diplomado feminino, num montante total que ascende a cerca de 494 mil euros. No âmbito das microcredenciais, o Politécnico de Portalegre disponibilizará bolsas de apoio aos estudantes, num montante aproximado de 192.000 euros, equivalente a cerca de 100 euros por ECTS.

O Consórcio Meridies é um consórcio liderado pelo Politécnico de Portalegre e que integra  todas as restantes IES da NUTS II Alentejo (Politécnicos de Beja, Setúbal e Santarém e Universidade de Évora), estendendo ainda a sua parceria a mais de uma centena de entidades parceiras, incluindo as diferentes câmaras municipais, comunidades intermunicipais e associações empresariais da Região Alentejo assim como uma multiplicidade de empresas públicas e privadas. Com formações iniciadas já no ano letivo de 2021/2022, este consórcio, criado no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), tem um financiamento global de sete milhões 463 mil euros.

 
Voltar