Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXV

Desafios de empresas e entidades públicas 115 respondem à chamada do IPLeiria

21-06-2022

Um total de 115 estudantes nacionais e internacionais participaram nas 3.ª e 4.ª edições do projeto ‘Link Me Up – 1.000 ideias’, dando asas à criatividade e à cocriação de inovação para resolverem os 21 desafios reais lançados por 20 empresas e entidades da região de Leiria. A apresentação final das respostas decorreu a 1 de junho, nos Serviços Centrais do Politécnico de Leiria.

Entre os participantes incluíram-se estudantes do Politécnico de Leiria, estudantes dos outros politécnicos pertencentes ao Consórcio, e estudantes internacionais de outras instituições de ensino superior. Os estudantes constituíram equipas multidisciplinares para cada caso/desafio, e foram apoiados por 40 “facilitadores”, designadamente 34 professores do Politécnico de Leiria e seis professores do Ensino Profissional.

Os 21 desafios foram apresentados por seis entidades de administração local, seis associações/organizações e oito empresas. Sustentabilidade, Construção, Mar e Oceano, Saúde, Digital, Voluntariado e Cultura foram algumas das temáticas em destaque nos casos de cocriação.

O processo de cocriação de inovação realiza-se com recurso à metodologia Demola, que desafia os estudantes de ensino superior, em cocriação com as organizações globais e locais, a criar um futuro melhor. O processo implica a angariação e seleção das empresas/organizações, a redação dos casos, a angariação e seleção dos estudantes. O projeto inicia-se com a apresentação por parte de uma empresa, de um problema/desafio que consiste num tema, um fenómeno ou uma tecnologia que interessa compreender, para abrir novas possibilidades de negócio ou ajuda aos negócios atuais.

“Este projeto cumpre a missão do Politécnico de Leiria, que é criar conhecimento para a sociedade. Envolve os professores e conta com empresas e organizações que têm preocupações e desafios reais. Neste processo multidisciplinar, de 10 semanas, questiona-se, procura-se informação, fazem-se visitas a estas entidades para se compreender melhor os desafios e o contexto das organizações, visitam-se centros de investigação, e convidam-se especialistas nas áreas dos desafios, que validam as possíveis soluções”, explica Susana Rodrigues, docente do Politécnico de Leiria e coordenadora do ‘Link Me Up – 1000 ideias’.

O projeto irá terminar na sexta edição e, só entre três primeiras edições, envolveu a participação de 2.467 estudantes, 443 empresas e 572 facilitadores na resolução de 491 casos de cocriação de inovação. “Estamos neste momento a meio do projeto e, no total do país, ao longo das três primeiras edições, foram geradas 294 ideias de negócio e criadas sete empresas, tendo sido igualmente atribuídas 540 bolsas de cocriação de inovação”, referiu Ana Sargento.

O projeto tem um investimento de 5,9 milhões de euros e o objetivo consiste em atingir, até à sexta edição, em 2023, mil ideias, ou seja, 600 casos de cocriação de inovação e 400 ideias de negócio, e o envolvimento de 4.835 estudantes e 600 empresas, bem como gerar a criação de 50 empresas.

 

 
Voltar