Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXV

7ª Semana da Empregabilidade do Politécnico de Setúbal. Ministra do Trabalho destaca papel dos Politécnicos

08-03-2021

A Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, realçou o papel dos politécnicos na antecipação das novas tendências do trabalho. A governante falava na abertura da 7ª Semana da Empregabilidade do Politécnico de Setúbal.

Citada em nota enviada ao Ensino Magazine pelo Politécnico de Setúbal (IPS), a ministra realça que o País tem que “reforçar a sua capacidade de antecipação e de adaptação rápida às tendências do mercado”, alertou, sublinhando o papel dos politécnicos neste esforço.

“Isso é evidente no trabalho que o IPS tem feito, através de uma grande ligação com as empresas e com o mercado de trabalho. Mostrando o quão essencial é adaptarmos os nossos currículos, apostando, quer nas competências digitais, quer nas competências comportamentais de que as empresas vão precisar muito no futuro, como a capacidade de resolução de problemas, de trabalho de equipa, de liderança e de adaptação à mudança”, disse. 

Ana Mendes Godinho deixou ainda o “compromisso social com as qualificações e a inclusão real dos jovens no mercado de trabalho, com garantias de um emprego estável e sustentável”, apelando aos mais novos para que sejam eles os “motores da mudança” que urge operar no mercado de trabalho.

“Acima de tudo, assumam a vossa grande capacidade transformadora para que as organizações onde vão trabalhar sejam mais competitivas e mais inclusivas”, concluiu.

Pedro Dominguinhos, presidente do Politécnico de Setúbal, considerou que “o compromisso com a empregabilidade dos nossos estudantes é, para nós, inegociável”. 

O presidente do IPS lembrou que a 7ª Semana da Empregabilidade do Politécnico de Setúbal é uma das iniciativas desenvolvidas pelo Politécnico de Setúbal “para que os nossos estudantes se convertam em diplomados de sucesso, não sendo por acaso que temos a segunda taxa de empregabilidade mais elevada de todo o ensino superior politécnico”.

Pedro Dominguinhos  destacou ainda as mais de 150 organizações que confiaram no IPS e que, por isso, responderam à chamada nesta sétima edição. 

IPS - Arquivo
 
Voltar