Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXV

Agrária de Coimbra assina Acordo com a Florestgal

19-02-2021

A Escola Superior Agrária de Coimbra acaba de assinar um protocolo com a Florestgal, empresa pública de gestão e desenvolvimento florestal, o qual tem como finalidade criar condições gerais de colaboração nas áreas de transferência de conhecimento, investigação aplicada, formação técnica e avançada, prestação de serviços e partilha de recursos.
O presidente do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC), Jorge Conde, na sua intervenção, assumiu a Floresta como “uma área importante de desenvolvimento na investigação e no ensino na Escola Superior Agrária que, pelo histórico e pelo que tem feito para o desenvolvimento deste setor, é uma entidade que o país deve ter em conta”. Referiu ainda que o acordo deverá estender-se a médio prazo, com “muito trabalho a fazer e inovação a criar” para “desenvolver o território e a nação”.
José Miguel Medeiros, presidente da Florestgal, referiu que as duas entidades iniciam um caminho que vai ser “um exemplo de cooperação e colaboração institucional e operacional, com inequívocas vantagens mútuas, mas sobretudo com ganhos para as diferentes regiões onde operamos e para o país para o qual trabalhamos”.
A Florestgal tem como missão fomentar a agregação de parcelas com vista a aumentar a dimensão média das explorações florestais para patamares que as tornem viáveis de forma sustentável, bem como a modernização da sua gestão e a promoção da diversificação da produção, com recurso a espécies autóctones.
No âmbito do protocolo assinado, que tem uma duração de dois anos, o presidente da Florestgal será uma das personalidades a participar no próximo seminário do ciclo Webcycles, promovido pelo Instituto de Investigação Aplicada (i2A) do IPC, a realizar no próximo mês de março.

 
Voltar