Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXV

Editorial Obrigado pelos vinte e quatro anos de pedra e cal.

17-02-2022

Manda a tradição que se alinhavem duas ou três palavras nestes números de aniversário, sobretudo quando este é profundamente sentido, motivo de orgulho e de partilha de muitas cumplicidades com os leitores.
Não parece, mas já lá vão vinte e quatro anos desde a publicação do número zero deste projecto jornalístico da RVJ.
Desde então, sobretudo para os que mais directamente têm estado envolvidos na produção do Ensino Magazine, este percurso de teimosa resistência e reconhecimento entre pares, já nos parece razão suficiente para um imodesto orgulho, dado sermos, talvez, a única publicação que, durante mais de duas décadas tem, ininterruptamente, divulgado o que de melhor se faz na educação e no ensino.
Durante este período, o jornal tem crescido vertiginosamente, talvez devido ao excelente acolhimento que tem merecido por parte de todos quantos nos lêem e que nos permitem manter uma informação viva, actualizada e actuante. Talvez porque, ano após ano, temos conseguido cumprir todos os objectivos traçados. Talvez, enfim, porque todos os meses nos confrontamos com um manancial de informação e de artigos de colaboradores que dificilmente encaixamos num só número do nosso jornal, o que nos faz tantas vezes pensar quanto seria desejável duplicar o número de páginas, ou produzir outra edição suplementar.
E cá estamos, de pedra e cal, para continuarmos a servir a comunidade educativa, contribuindo, na medida das nossas possibilidades, para a melhoria contínua das instituições e dos seus profissionais.
Cada um dos últimos vinte e quatro anos foi marcante na vida deste jornal: conseguimos expandirmo-nos de norte a sul de Portugal e um pouco por todo o mundo lusófono, ibero-americano e já chegamos mesmo à Ásia, através de Macau. Tudo isto levou a um aumento muito significativo da tiragem do Ensino Magazine; criámos uma edição do Ensino On Line, altamente dinâmica e actualizada ao minuto; estamos presentes em todas as redes sociais; consolidamos, significativamente, a estrutura empresarial que sustenta este projecto editorial e crescemos em termos de imagem, de prestígio e de reconhecimento público, de que são claro exemplo as parcerias e colaborações que, permanentemente, nos solicitam.
Estamos presentes, em todas as escolas, universidades e politécnicos, convictos de que traçamos um rumo certo e a damos passos seguros, amadurecidos e consistentes no sentido de projectar ainda mais o Ensino Magazine.
O futuro está bem entregue, já que depende de uma direcção responsável e eficaz e de uma equipa de profissionais de corpo inteiro, dedicados e altamente qualificados para manterem um espírito visionário indispensável à evolução e projecção nacional e internacional deste projecto. O futuro está bem entregue, dizíamos, porque nos sobra no imaginário a vontade de melhorar e de fazer cumprir outros e novos rumos que a educação a cultura e o ensino merecem.
Neste espaço plural continuará a haver lugar para todos. Neste espaço colectivo cabem a força das opiniões e a credibilidade da investigação científica. Neste espaço singular cabe o espasmo da arte e a interrogação do pensamento prospectivo. Neste espaço de convivência marcamos todos os meses encontro com uma comunidade diversificada que já nos espera e que dela muito esperamos.
Por tudo isso, assumimos o compromisso de este novo ano ser mais um na confirmação da qualidade de um trabalho que os leitores reconhecem e já se habituaram a respeitar.

João Ruivo
 
Voltar