Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXV

Gente & Livros Neil Gaiman

14-06-2022

Neil Gaiman é um autor britânico de romances, banda desenhada e guiões para cinema.
Nasceu em Portchester no condado de Hampshire, em 1960. O seu pai, David Bernard Gaiman, trabalhava numa cadeia de supermercados fundada pelo avô de Neil, tornando-se, mais tarde, relações públicas da Igreja da Cientologia, e a sua mãe, Sheila Gaiman, era farmacêutica.
Neil Gaiman aprendeu a ler com quatro anos de idade. “Eu era um leitor voraz. Adorava ler. Ler dava-me prazer. Era muito bom na maioria das disciplinas na escola, não porque tinha algum tipo de aptidão para elas, mas porque normalmente davam-nos os manuais no primeiro dia de aulas e eu lia-os, o que significava que sabia o que se ia ensinar a seguir, porque já tinha lido tudo”, disse numa coleção biográfica editada em 2010.
Começou por trabalhar como jornalista freelancer até que em 1987 se tornou conhecido ao criar com Dave McKean a novela gráfica “Violent Cases”.
Devido ao excelente acolhimento da obra, abandonou o jornalismo e em 1988 iniciou a publicação da série “Sandman”, que o transformou num autor de culto.
«A sua carreira tem sido extraordinariamente prolífica e a sua arte tem obtido um justo reconhecimento, quer do público quer da crítica, o que lhe valeu diversos prémios prestigiados», refere a Presença, chancela do autor em Portugal.
Alguns dos seus livros foram adaptados ao grande ecrã com grande sucesso, como é o caso de «Coraline e a Porta Secreta» e «Stardust - O Mistério da Estrela Cadente», ambos já publicados pela Presença.
«Neverwhere - Na Terra do Nada», uma brilhante fantasia urbana, foi inspirada numa minissérie que escreveu para a BBC.
A Presença publicou ainda, deste autor, «Os Filhos de Anansi», «Deuses Americanos», «Bons Augúrios», em coautoria com Terry Prachett, «A Estranha Vida de Nobody Owens» e «O Oceano no Fim do Caminho».
A obra de Neil Gaiman tem várias distinções internacionais, incluindo as medalhas Newbery e Carnegie. O seus livros foram agraciados com os prémios Hugo, Nébula, World Fantasy Award, Bram Stoker Awards, entre outros.

Tiago Carvalho
https://omelete.uol.com.br
 
Voltar