Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXIII

António Salvado em antologia de vida se canto são as palavras 24-09-2021

António Salvado, um dos poetas portugueses mais reconhecidos, com livros editados em diferentes línguas, acaba de ver publicada uma das mais completas antologias da sua obra. “se canto são as palavras” (ed. RVJ Editores), organizado pelo ensaísta e professor universitário, Paulo Samuel, é um livro que tem a particularidade de percorrer a obra poética de António Salvado desde 1955, ano em que foi editado o seu primeiro título, até 2020.

O percurso do poeta, reconhecido no mundo iberoamericano, é nos apresentado em 150 páginas, um número que corresponde à soma da idade de António Salvado (85 anos) com o período que decorre desde a publicação do seu primeiro livro (65 anos).

Esta antologia é uma homenagem ao poeta e à sua cidade. Um homenagem que abraça o país e o mundo e que é também feita a Castelo Branco, onde António Salvado nasceu, e que está ao longo de 2021 a assinalar os 250 anos de cidade.

Ao Ensino Magazine, o também Doutor Honoris Causa pela Universidade da Beira Interior, recorda que “várias antologias de poemas meus têm sido publicadas em Portugal e em Espanha. Destas última relevo a sua amplitude geográfica iberoamericana”.

António Salvado sublinha o facto desta obra “se integrar nas comemorações dos 250 anos da cidade de Castelo Branco” e da “autarquia ter apoiado este trabalho. Esta antologia distingue-se em todos os aspetos: desde o trabalho de Paulo Samuel, na profunda atenção posta na organização deste volume, como a escolha criteriosa dos poemas antologiados; o prefácio, que constitui uma excelente análise da minha poesia; o estabelecimento da exaustiva bibliografia relativa a todos os meus livros (poesia e prosa); até à pintura do meu rosto pelo notável pintor Ermeneciano (com aquele sorriso disfarçado dos meus lábios, que diz muito…). Todas estas coordenadas se conjugaram para a importante concretização desta antologia”.

O poeta albicastrense destaca também “o exemplar profissionalismo da editora RVJ Editores”. O livro é apresentado em capas duras e incluiu um caderno, impresso a cores, com as capas de todos os livros publicados por António Salvado.

 
Voltar