Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXIII

Edições Novidades literárias 21-06-2021

CASA DAS LETRAS.
Biografia autorizada de António Guterres, “O Mundo Não Tem de Ser Assim”, escrita por Pedro Latoeiro e Filipe Domingues. Baseada em mais de 120 entrevistas – a antigos chefes de Estado e de Governo, altos funcionários da ONU e amigos íntimos do ex-primeiro-ministro português – pretende ser o retrato mais completo do percurso político e humanitário do actual secretário-geral das Nações Unidas.

D. QUIXOTE.
Passados mais de 50 anos da sua morte, esta biografia percorre o regime de Salazar, desde o resgate das finanças públicas e da neutralidade portuguesa na II Guerra Mundial, até à manutenção de uma polícia de Estado enquanto resistia aos ventos de mudança que sopravam de África. Explora a longa suspeição e conflito de Salazar com os EUA e como ele manteve Hitler e Mussolini à distância, tendo persuadido Franco a não entrar na guerra ao lado deles. GALLAGHER é um historiador britânico especializado em Europa Moderna e professor emérito da Universidade de Bradford. Visita regularmente Portugal mas embora tenha mais de 20 livros escritos esta é a sua primeira biografia.

OFICINA DO LIVRO.
A Tempestade Perfeita, Como a extrema-direita regressou à Península Ibérica, de Daniela Santiago. A correspondente da RTP em Madrid faz uma peregrinação pelas causas do ressurgimento da extrema-direita na Península Ibérica, que surge menos de meio século depois do final das ditaduras que dominaram Lisboa e Madrid no século XX.

CAMINHO.
O novo título Uma Aventura, Uma Aventura em Noite de Tempestade é o número 63 da conhecida coleção de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada e tem, como habitualmente, ilustrações de Arlindo Fagundes. Os nossos amigos vão desta vez até uma aldeia, que parece fantasma, muito perto com da fronteira, ajudar o proprietário na sua recuperação para turismo rural. Empenham-se então na recuperação de um antigo teatro, onde, nessa tarefa, se tinha também proposto para ajudar um meliante de um grupo de malfeitores que planeava roubar umas peças muito valiosas numa propriedade do lado de lá da fronteira.

 
Voltar