Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXV

Romance Barata de Castilho lança Serra de Cristal

22-11-2021

José Barata de Castilho, professor catedrático da Universidade de Lisboa e Grande Oficial da Ordem da Instrução Pública, apresentou, no passado dia 27 de outubro, o seu novo romance. “Serra Cristal Três Encantos” é uma viagem ficcionada pela serra da Gardunha, numa narrativa em que Amália Rodrigues e as suas ligações à região de Castelo Branco surgem enunciadas, com revelações importantes. A cerimónia contou com a presença do presidente da Câmara albicastrense, Lepoldo Rodrigues, e a obra foi apresentada pela professora universitária Maria de Lurdes Barata.

“Impôs-se-me a ideia de escrever um livro sobre a vida de Amália Rodrigues, desde a pobreza na sua infância difícil, separada da mãe durante mais de nove anos (desde o ano do seu baptismo no Fundão, em 6-7-1921 e algum tempo antes), a sua inteligência, a sua vocação de cantora, até ao auge dos aplausos em pé, em várias cidades estrangeiras importantes”, começa por referir José Barata de Castilho.

O autor recorda, na nota introdutória, que o pai de Amália Rodrigues, “nasceu na albicastrense Rua do Pina e foi baptizado na Sé de Castelo Branco em 10-6-1888 (nascera dois dias antes)”. O professor adianta que “a ideia inicial evoluiu para outro conceito: incluiria a artista, não deixaria de ser uma homenagem, mas não seria a sua história”. Nesse sentido foi criado um enredo “à volta desta Serra, com alusões à famosa fadista, já que ela se inspirou na música popular da Beira Baixa, para criar a sua interpretação do fado, que o tornou internacional”.

 
Voltar