Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXVI

Atualidade Queres ser astronauta por um dia?

08-02-2023

A Agência Espacial Portuguesa tem abertas as candidaturas para a iniciativa «Zero-G Portugal – Astronauta por um dia», até 10 de março. Se tens entre 14 e 18 anos e estudas no ensino básico ou secundário (12º ano não incluído) aproveita esta oportunidade de experienciares um voo de gravidade zero, que simula a vida no espaço. O voo será realizado a 3 de setembro, a partir da Base Aérea n.°11 em Beja, da Força Aérea Portuguesa.

O lançamento oficial da segunda edição foi acompanhado, em Beja, pelo Ensino Magazine, onde o diretor da Agência Espacial Europeia, Ricardo Conde, recordou o sucesso da edição do ano passado, em que se candidataram 500 alunos. “Este ano devemos ter muito mais”, disse, acrescentando que “Portugal é um exemplo para toda a Europa. Vários países contactaram a Agência Espacial Portuguesa para aprenderem com a nossa experiência, no sentido de estabelecerem uma parceria connosco”. A ideia será fazer a atividade «Astronauta por um dia na Europa».

A sessão contou também com as presenças do presidente da ANACOM, João Cadete de Matos, e da vereadora da Câmara de Beja, Mariza Saturino, a qual destacou o facto de pelo segundo ano consecutivo a iniciativa ser concretizada na cidade alentejana.

Esta é uma excelente oportunidade para uma experiência única. Para te candidatares apenas tens que submeter um vídeo de 45 segundos (no máximo) onde justificas o porquê de queres ser astronauta por um dia. Marta Gonçalves, gestora dos projetos educativos da Agência Espacial Portuguesa, explica que “serão depois selecionados 250 candidatos que passarão à segunda fase de apuramento, onde farão testes lógicos (à distância) com a Faculdade de Psicologia da Universidade do Porto. À terceira fase, que inclui as provas físicas, na Faculdade de Motricidade Humana, passarão 125 candidatos. Destes, os 60 melhores irão a uma entrevista, de onde serão selecionados 30 candidatos que depois farão os testes médicos”.

Caso sejas um dos 30 candidatos apurados, antes do voo irás estar alguns dias em Beja, numa espécie de estágio. Parece-te difícil? Nada disso. Só tens que acreditar e estar atento ao email, após apresentares a candidatura. Constança Quaresma foi uma das alunas que no ano passado foi astronauta por um dia. “O processo de seleção foi surpreendente. Depois de passar as fases todas, tive uma experiência incrível. Criámos amizades para a vida”, explica.

Uma posição idêntica tem o jovem de 15 anos, Diogo Almeida. “É uma experiência que só vivenciamos uma vez na vida”. Maria, de 17, recorda o processo de seleção que a levou a vestir o fato de astronauta, por um dia. “Às vezes não vamos porque achamos que não conseguimos. Mas esta iniciativa provou que é possível”, sublinha. A história de Tiago Oliveira, 16 anos, demonstra isso mesmo. “Quando a minha professora de físico-química me falou desta iniciativa, eu disse para os meus colegas que não queria ser astronauta, mas sim engenheiro. Acabei por me candidatar. No dia das provas testei positivo à Covid-19, mas lá fiz o teste. Passei à fase seguinte e quando cheguei entrevista pensei que não passava. Mas passei e foi fantástico”. Tão fantástico que, ao Ensino Magazine, disse não se importar de vir a ser astronauta de verdade.

Os testemunhos dos jovens da edição de 2022 aliciaram os estudantes de Beja, que participaram na Escola Secundária Diogo de Gouveia, ao lançamento da atividade para 2023. Miguel Fernandes, outro dos pequenos grandes astronautas, adianta que “todas as provas de seleção eram diferentes. Mas sempre que as fazíamos, a emoção de recebermos o email a dizer que tínhamos passado à fase seguinte era enorme”.

Na plateia surgem perguntas para os jovens que já foram astronautas por um dia: Que efeitos colaterais tem o voo? Se as notas escolares contam para a seleção? Qual a idade limite para as candidaturas? Rita, uma das jovens que efetuou o voo de gravidade zero, fala em efeitos na visão e nos músculos. Mas esclarece que isso “não acontece num voo de apenas 30 minutos, mas sim em missões muito prologadas”. Marta Gonçalves, da Agência, recorda que no ano passado “tivemos um candidato de 60 anos, que não foi selecionado”.

Se não fizeste o teu vídeo, ainda estás a tempo. Candidata-te e quem sabe não serás um dos novos jovens astronautas portugueses... por um dia.

EM e Agência Espacial Europeia
Voltar