Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXIII

Politécnico José dos Santos Costa eleito presidente do Politécnico de Viseu 29-06-2021

José dos Santos Costa é o novo presidente do Instituto Politécnico de Viseu. Nas eleições realizadas dia 29 de junho no seio do Conselho Geral da instituição, o docente da Escola Superior de Saúde obteve 23 votos enquanto que João Monney Paiva, que exerceu o cargo de presidente no último quadriénio, obteve 7.

Em nota enviada ao Ensino Magazine, o Politécnico de Viseu revela que José dos Santos Costa é doutorado em Ciências da Saúde pela Faculdade de Medicina da Universidade de Salamanca, tem o grau de mestre em Ciências de Enfermagem, atribuído pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto, e é licenciado em Medicina Dentária pela Universidade Católica Portuguesa. Docente da Escola Superior de Saúde de Viseu, desde 1991, foi vice-presidente do Politécnico de Viseu de 2009 a 2017.

No seu programa de ação, a que tivemos acesso, José dos Santos Costa sublinhou a necessidade de "afirmar o Instituto Politécnico de Viseu como uma instituição de referência na formação superior, quer a nível nacional quer internacional".

Nesse sentido aponta um conjunto de objetivos, a saber: "desenvolver a nossa capacidade de gerar e partilhar conhecimento no território, em Portugal e globalmente, assegurando contribuições significativas para a formulação de políticas públicas e para o crescimento económico; trabalhar, eficazmente, com outras instituições e organizações, cujas parcerias possam contribuir para a excelência do ensino e aprendizagem;disponibilizar formação graduada e pós-graduada com capacidade instalada para satisfazer as necessidades futuras em termos de competências e emprego; tornar a organização sustentável capaz de investir em pessoas de elevada qualidade, em recursos e infraestruturas; melhorar as estruturas de colaboração entre os departamentos, unidades orgânicas e os serviços centrais; garantir a qualidade de educação que permita aos estudantes aplicar os valores, competências e disciplina intelectual que adquiriram, em suas vidas e carreiras futuras, criando um sentimento de pertença vitalício ao nosso Instituto; contribuir, efetivamente, para a vida cultural, social e económica do nosso território; e proporcionar igualdade de oportunidades, o suporte e encorajamento no desenvolvimento pessoal e progressão na carreira em todas as áreas de trabalho do instituto".

O novo presidente apresentou também três opções estratégicas: Incluir; Participar; e Valorizar, e propõe três pilares fundamentais, correspondentes às vertentes principais da missão das instituições de Ensino Superior: Educação e formação, Investigação e Ligação à Comunidade e Transferência de Conhecimento". A estes acrescenta "dois eixos estratégicos transversais que se revestem de grande importância e que passam pela Internacionalização e pelos Recursos Humanos e Infraestruturas.

 

 

 
Voltar