Lusofonia

Associação das Universidades Africanas
Orlando Quilambo eleito

P1.jpgO reitor da Universidade Eduardo Mondlane,  Orlando Quilambo, foi eleito, no passado dia 8 de junho, para o cargo de presidente do Conselho de Direção da Associação das Universidades Africanas (AAU), organização com mais de 350 membros.
A eleição aconteceu no término da 14ª Assembleia Geral da Associação, que decorreu em Acra, capital da República do Gana.
O Conselho Directivo deste órgão tem a responsabilidade de traçar estratégias que respondam aos desafios das universidades africanas, assim como discutir seus problemas.
Até á data, Orlando Quilambo ocupava o cargo de vice-presidente da mesma organização.
Esta é a terceira vez que a Universidade Eduardo Mondlane entra na direção da Associação das Universidades Africanas, depois de, na década de 90 , Narciso Matos ter ocupado o cargo de Secretário-Geral do órgão.
Orlando António Quilambo possui experiência de gestão académica, que começa em 1988, como chefe de Departamento de Biologia e Química na Faculdade de Educação, passando mais tarde para director-adjunto da mesma Faculdade. Foi igualmente director-adjunto da ex-Faculdade de Biologia e em 1992 foi nomeado 1º Director da Faculdade de Ciências, no atual figurino. Atualmente exerce as funções de reitor da Universidade Eduardo Mondlane, depois de ter sido vice-reitor Académico e director Cientifico da mesma. É membro de várias organizações nacionais e internacionais, investigador e coordenador de projetos de investigação.
Desde março de 2009, é Presidente da Academia de Ciências de Moçambique, a primeira academia deste género em Moçambique, tendo sido um dos impulsionadores da sua criação e instalação.

 
 
 
Edição Digital - (Clicar e ler)